Select Page

Um pai de família deslocou-se para ir ter com a filha que estava gravemente doente; apanhou, sem hesitar, um avião e fez uma viagem de 10 000Km. Quando ela o viu chegar, disse: «Vieste por minha causa? Fizeste esta longa viagem só para vires ter comigo?» «Sim, minha filha, porque te amo; sei que precisas de ajuda para saíres desta situação e vim por causa disso». Rodeada pelo pai e por outros familiares, a jovem foi recuperando a saúde progressivamente. Aquele pai de família não hesitou em deslocar-se de tão longe para ir ter com a filha, que se encontrava numa situação muito difícil e precisava de ajuda. 

Aquele pai faz lembrar alguém que fez uma viagem inimaginável para ajudar os que ama. Jesus, o filho de Deus, deixou o céu, colocou-se na nossa pele e falou-nos com toda a simplicidade. Apesar do mal que nos caracteriza, ele preocupou-se connosco. Profundamente sensível ao que nós somos, ele teve apenas um desejo: livrar-nos do mal sob todas as suas formas e estabelecer uma amizade profunda e indestrutível entre Deus e nós, amizade que continuará para sempre, mesmo depois da nossa morte. 

Texto da semana: Filipenses 2.5 a 11