Select Page

Um soldado furou um dos lados de Jesus com a sua lança para se certificar que Jesus estava morto. Sangue e água fluíam, confirmando a morte. Um fariseu, que acreditava em Jesus, recebeu permissão de Pilatos para levar o corpo para um túmulo onde ainda ninguém tinha sido enterrado. Depois colocaram uma grande pedra em frente do túmulo, e a sua entrada foi selada e guardada por soldados.

Entre os seguidores de Jesus havia uma tristeza profunda, muito medo, e pânico. Uma delas, Maria Madalena, foi ao túmulo de manhã cedo e viu que a pedra tinha sido rolada. Ela pensou que talvez alguém tivesse roubado o corpo. De repente, Jesus apresentou-se diante dela e falou com ela na sua tristeza. Completamente mudada, ela correu para os discípulos: “Jesus ressuscitou, como ele disse.” Imediatamente Pedro e João correram para o túmulo e tudo estava como Maria lhes tinha dito. Sentiram uma mistura de alegria, esperança e dúvida, até que Jesus apareceu e falou com eles. Tomé não estava com eles, e porque duvidava, disse: “Só acreditarei se conseguir meter os dedos nas suas feridas”. Mais uma vez Jesus apareceu entre eles e convidou Tomé a tocá-lo, e ele creu.

Numa outra ocasião, foi ter com os seus discípulos quando eles estavam a pescar. Ele já tinha pescado o peixe e preparado a fogueira. Comeu com eles e demonstrou-lhes esta verdade: “Eu estou realmente vivo!” A ressurreição é a prova definitiva de que Jesus é o Filho de Deus prometido! Ele foi em tudo fiel à sua missão e obediente ao seu Pai.

É por isso que Jesus é o único caminho para a vida eterna. Quem confia nele pode estar seguro da sua salvação e de ter uma parte no Reino de Deus. Jesus é o Rei da Vida. Primeiro veio ao mundo como Servo e Salvador, e no final regressará como Rei e Juiz.

“Porque procuram no túmulo quem afinal está vivo? Ele não está aqui, ressuscitou! 

 Lucas 24:5b-6a

Se tiveres alguma dúvida podes entrar em contacto connosco.

Texto bíblico para aprofundar: Mateus 28:1-15 e 1 Coríntios 15:1-58.