Select Page

Houve um grande tumulto na cidade. O pequeno José* empurrou a multidão para abrir caminho e viu um homem sentado em cima de um burro. O povo gritou: “Hosana ao Filho de David, bendito é aquele que vem em nome do Senhor!” Estavam a arrancar ramos das árvores e a abaná-los. Espalharam as suas capas ao longo do caminho para acolher o esperado “Rei da paz”.

José já tinha ouvido muitas coisas sobre Jesus e observava tudo com muito cuidado.

Os romanos sempre montaram em cavalos e mostraram o seu poder brutalmente. Este Jesus era completamente diferente e não tinha qualquer necessidade de se exaltar a si próprio. Ele irradiava algo muito especial sem dar ares de superioridade.

Profundamente impressionado por Jesus, José sentiu-se muito feliz ao pensar que este homem era o Messias esperado, o rei escolhido por Deus e o próprio filho de Deus.

José estava muito feliz por poder conhecer Jesus pessoalmente e já não ter de se conformar com a estranha conversa dos religiosos.

Ele achou que o burro de carga era muito apropriado, porque tinha ouvido dizer que Jesus carregaria o fardo de todo o mundo.

José ficou feliz e gritou com os outros: “Hosana ao rei que vem!”

Alegra-te intensamente, ó filha de Sião! Grita de contentamento! Vê, o teu Rei aproxima-se de ti! Justo e salvador, manso e montado numa cria de jumento, num pequeno jumentinho.

Profeta Zacarias 9:9

O que teria eu feito no lugar do José?

Texto bíblico para aprofundar: Mateus 21.1-11

*Nós narrámos os acontecimentos do ponto de vista de um jovem judeu daquela época.