Select Page

Os judeus comemoravam a festa da Páscoa para recordar a sua libertação da escravatura no Egipto. Ainda hoje comem cordeiro com ervas amargas. Jesus sabia que ele era o “cordeiro” que suportaria o pecado de todo o mundo (João 1.29). Ele queria que os seus amigos compreendessem o que iria acontecer, por isso, antes de sofrer, queria celebrar esta refeição com eles. Deus quis começar algo novo através do seu Filho. Infelizmente, os seus discípulos não compreenderam isto. Eles ainda acreditavam que ele os libertaria dos romanos e por isso argumentaram sobre qual deles seria o mais importante e que posição ocupariam.

Jesus começou simplesmente a lavar e a secar os pés dos seus discípulos. Mostrou o seu amor de servo sem usar muitas palavras. Ele veio para libertar os nossos corações do pecado. Ficou muito triste com a ideia de ser traído por Judas e negado por Pedro. Jesus sofre quando o negamos ou traimos.

Em conclusão: Jesus surpreendeu-os constantemente e sofreu as circunstâncias mais adversas da sua vida. Na última ceia deixou claro aos seus discípulos: “Dou a minha vida para que a vossa culpa seja perdoada e pago com o meu sangue para que possais ter a vida eterna”. Que pensamentos e sentimentos pensas que Jesus teve quando disse estas palavras?

E, deitando água numa bacia, começou a lavar os pés dos discípulos e a enxugá-los com a toalha.

João 13:5

Deixas que Jesus te sirva?

Texto bíblico para aprofundar: João 13:1-30 / Lucas 22:17-20