Select Page
Ter provas não é suficiente
Godloves.me
21. Abril 2022

Pessoas de épocas, de nações e de nível social diferentes, foram testemunhas da ressurreição de Jesus. Pesquisaram para provarem a veracidade da mesma. Cerca de 700 anos mais cedo, o profeta Jeremias mencionou pormenores que Deus lhe tinha revelado sobre esse acontecimento.

O jornalista ateu americano Lee Strobel apresenta num filme a sua pesquisa da verdade. Ele capitulou diante de Deus sobre a base dos factos; no entanto afirma que, apesar de todas as provas existentes, cada pessoa deverá decidir individualmente em que é que vai acreditar. Sem fé não é possível viver uma relação com Deus.

O anjo disse: “Não está aqui, pois ressuscitou conforme ele mesmo tinha dito. Venham cá ver o lugar onde ele estava.”

Mateus 28.6

Nós podemos ignorar ou desprezar a ressurreição, mas a pessoa de Jesus permanece incontornável. Cristo ressuscitou. Ele vive eternamente. Ele vai voltar. Nós iremos estar perante Ele depois do nosso percurso terrestre. E nessa altura, ele vai fazer-nos esta pergunta: «O que foi que fizeste da minha oferta?»

O que é que lhe vais responder?

Texto da semana: Mateus 28.1-20

Uma colheita tardia

Sara, uma menina de dez anos, mostrou-se entusiasmada por participar no concurso do girassol mais alto. Colocou...

E a corda rebentou…

Num museu nos Alpes pode ver-se uma corda de sisal que se partiu; está exposta como memorial da trágica morte de...

Sacrifícios porquê?

Muitas vezes o ser humano está pronto a fazer sacrifícios para obter alguma coisa ou ganhar um favor. Consagramos...

Ser realmente livre

Qual é o signiificado da palavra «liberdade»? Podermos fazer ou não aquilo que nos agrada? Retirarmo-nos quando nos...

Liberdade e justiça

A função de um árbitro no campo de futebol é cada vez mais difícil. O desejo que cada uma das equipas tem de ganhar,...