Select Page
Qual é o objetivo que queres atingir?

Qual é o objetivo que queres atingir?

A vida de muitas pessoas está balizada pela profissão, o casamento, as férias, os filhos, o carro, a casa, a reforma sem preocupações sobre a morte, que parece estar cada vez mais longe. Há muitas pessoas que pensam que, se tiverem uma boa vida, tudo correrá bem. Mas será isso suficiente? Claro que, à medida que a idade avança, vai-se pensando na reforma, mas quem é que pensa na prevenção a nível espiritual?

Jesus promete-nos uma qualidade de vida que nos ultrapassa para além de todas as expectativas. Estou a pensar numa senhora que sofre de esclerose em placas e vive numa aldeia de montanha na Itália. Ela orou pelo marido durante vinte anos até ele aceitar Jesus. 

Ela quase já não consegue andar e tem uma terapia diária. Apesar das circunstâncias, está radiante de alegria. Uma atmosfera de felicidade e de cordialidade reina na sua família. Aquele lar é uma fonte de bênção. Que belo testemunho da ajuda e intervenção de Deus!

E nós,  queremos experimentar a ajuda e a intervenção de Deus  nas diversas circunstâncias da nossa vida?

Texto da semana: 1 Coríntios 1.25-31

Jesus vai voltar

Jesus vai voltar

“Mãe, ainda falta muito?” Não é fácil explicar a uma criança quanto tempo vai durar a viagem. O mesmo acontece com o assunto da vinda de Jesus. Ele prometeu que voltaria um dia. Os Evangelhos dão-nos algumas pistas que nos permitem pensar que esse dia está próximo: guerras, epidemias, catástrofes naturais, perseguição aos cristãos…

O que é essencial, não é saber quando é que Jesus vai voltar, mas esperá-lo ansiosamente, porque cada dia nos aproxima mais do seu regresso.

O período durante o qual todas as nações estão a ser convidadas por Deus a tomar parte na Sua oferta de salvação está a chegar ao fim. Os acontecimentos atuais podem angustiar-nos. Mas Jesus encoraja-nos: Levantem as vossas cabeças, o vosso livramento está para breve!

Todo aquele que aceita a salvação em Jesus Cristo, esse maravilhoso presente de vida, não ficará dececionado. É garantido!

Texto da semana: Lucas 21.25-38

Uma fuga com saída abençoada

Uma fuga com saída abençoada

Yasmin (nome fictício) fugiu da África do Norte com a sua família e acabaram por chegar à Alemanha. Ela ficou traumatizada com uma praga  que lhe foi rogada por meio de versículos corânicos. Toda a família vivia debaixo daquele peso.

Um dia, uma pessoa idosa falou da sua fé em Jesus àquela jovem mulher e convidou-a a participar num culto cristão. De cada vez que Yasmin pensava ir ao culto, surgiam obstáculos que a impediam de assistir. Finalmente conseguiu ir. Então, na altura em que entrou no local de culto, a maldição que pesava sobre ela desapareceu para sempre. Apesar de não ter compreendido a pregação, ela foi transformada de tal maneira, que os que lhe eram próximos ficaram, admirados. Deus agiu poderosamente e Yasmin ficou cheia de felicidade.

O casal idoso tomou o tempo necessário para ler a Bíblia com a Yasmin. O marido dela começou a comparar o Corão com a Bíblia. E Deus revelou-se claramente a ele; começou, não sem hesitar, a colocar a sua fé em Jesus, e finalmente toda a família foi baptizada. Hoje em dia, todos agradecem a Deus com corações reconhecidos e cheios de alegria. Sim, Deus deixa-se encontrar por todas as pessoas, de todas as nações.

Texto da semana: Lucas 4.16-21

Mais do que um contrato

Mais do que um contrato

Já te aconteceu um dia escreveres em algum sítio esta afirmação: «Jesus, hoje dou-te o meu coração! Obrigada por me ofereceres a Tua salvação!» Foi isto que Sabina escreveu numa pequena folha, no dia 18 de maio de 1980.

Quando chegou à adolescência, ela andou muitas vezes à procura daquela folhinha, porque foram muitas as dúvidas que assaltaram o seu coração. Nessas alturas ela lembrava-se do contrato que tinha assinado com Deus. «Sim, continua válido – pensava ela – está escrito na folhinha e eu assinei!»

Os anos foram passando e, apesar de existir a tal folhinha com aquela promessa, a fidelidade de Sabina vacilava, por vezes perigosamente. Realmente aquele bilhete não era uma garantia, e poderia ter ido parar ao cesto dos papéis. Quando atingiu a idade madura, Sabina afirmou: «Sim, o papel deixa-se escrever, as declarações de Deus são fiáveis. As nossas promessas podem ser hesitantes, mas Deus leva-as à letra. Ele declara na Bíblia que permanece fiel apesar das nosssa fraquezas»

O «contrato» de uma criança como Sabina  pode acabar no cesto dos papéis. Mas Jesus prometeu guardar todos os que se chegam a Ele. Ele é fiel e Todo-Poderoso para cumprir as promessas em todo o tempo.

Já validaste o contrato de salvação que Deus te propõe?

Texto da semana: Hebreus 10.19-24

À procura de casa para morar

À procura de casa para morar

Pode acontecer mudarmos de casa várias vezes no decurso da nossa existência. Para muitos é o trabalho profissional que os obriga a procurar casa noutro lugar. É um acontecimento tão trabalhoso que nem vale a pena falar nisso.

Um amigo meu anda há muito tempo à procura de uma casa que corresponda às suas necessidades. Não há muitas habitações disponíveis e é extremamente difícil encontrar um apartamento adequado a um preço razoável. Já passaram por isto?

Mas chegará um dia em que este problema terá desaparecido. Quando deixarmos esta terra para irmos para a pátria celeste, aí vamos encontrar uma habitação completamente preparada. Jesus falou-nos da casa do seu Pai onde seremos acolhidos. Mas quem terá a honra de habitar nessa casa? Estão todos convidados. Basta colocarmos a nossa confiança em Jesus Cristo.

Texto da semana: João 14.1-7