Haverá esperança?
MSD Portugal
5. Abril 2021

Os romanos mataram a esperança do povo no Jesus de 33 anos que curou os doentes. Porque o mataram sem razão e sem escrúpulos? Dois homens no caminho para Emaús estavam a discutir sobre o assunto. A eles juntou-se um estranho que continuava a fazer-lhes perguntas. Ele parecia não saber nada sobre os trágicos acontecimentos dos últimos dias. No entanto, explicou-lhes que tudo tinha de acontecer tal como as Escrituras prediziam. A discussão foi tão intensa que convidaram o homem para jantar. Quando o “estranho” orou com acção de graças e partiu o pão, reconheceram-no como o Jesus ressuscitado. Nesse preciso momento ele desapareceu! “Não arderam os nossos corações no peito enquanto ele nos falava na estrada e nos explicava as Escrituras”, diziam-no um ao outro.

Pouco depois, Jesus encontrou-se com os outros dez discípulos que se tinham trancado dentro de casa. Mostrou as suas mãos e pés espetados nas unhas aos homens assustados e comeu com eles! Pacientemente explicou-lhes da Palavra de Deus que ele era o Salvador prometido. Jesus, a esperança, era real e tangível. Ele estava mesmo no meio deles. Ele está vivo, ele está presente e podes experimentá-lo, ainda hoje.

Tal como os discípulos ainda tinham muito a aprender, nós também temos. Podemos conhecê-lo através da Bíblia e, quando acreditamos nele, podemos experimentá-lo pessoalmente. Podemos falar com ele e experimentar como ele actua nas nossas vidas. Jesus oferece-nos este caminho de fé e confiança. Embora ele pudesse ser visto fisicamente na altura, muitos também não acreditavam nele. Portanto, não importa se o vemos ou não. A fé significa esperar, sem ver ainda. Temos o privilégio de poder crescer numa relação verdadeira e profunda com ele.

Queres uma relação pessoal e cheia de esperança com Jesus do teu lado?

“Olhem as minhas mãos; olhem para os meus pés! Estão a ver que sou eu mesmo. Toquem-me e verifiquem que não sou nenhum fantasma. Porque os fantasmas não têm carne nem ossos, como veem que eu tenho!” 

Depois de lhe dizer isto, mostrou-lhes as mãos e os pés.

Palavras de Jesus em Lucas 24:39-40

Texto bíblico para aprofundar: Lucas 24:13-49

Queda dolorosa

Queda dolorosa

Num dia de bom tempo, dois caminhantes encontraram um letreiro: «Caminho barrado»; uma tempestade tinha derrubado...

Adquirido ou inato?

Adquirido ou inato?

A publicidade valoriza-nos e cria em nós necessidades para conseguir vender. Como a tendência atual é «Eu, só eu,...

Inutilmente Pobre

Inutilmente Pobre

John Helinski  é um homem de 62 anos que viveu três anos numa caixa de cartão junto a uma paragem de autocarro na...

Abrigo Perigoso

Abrigo Perigoso

No decurso da segunda guerra mundial, dois soldados abrigaram-se debaixo de um camião para se protegerem de um raide...

Sem conexão

Sem conexão

Novembro de 1956. No céu de Calder Hall erguiam-se as torres de arrefecimento da primeira central nuclear comercial do...